Marca_creme.png

é um projeto de mapeamento, publicação e premiação de mulheres artistas visuais no DF e entorno.

porque Baleia?

como?

através de quatro convocatórias públicas e gratuitas ao longo de 2020/2021. Em cada uma delas, uma curadora definirá um tema e selecionará, a partir das inscrições, 20 trabalhos que darão origem a uma publicação impressa em formato de zine. A partir daí, teremos uma votação popular para definir a ganhadora de um prêmio em dinheiro em cada ciclo.

o nome Baleia foi escolhido por ser uma apropriação e ressignificação de um termo utilizado diversas vezes de modo pejorativo sobre uma mulher que foge dos padrões estéticos hegemônicos. A palavra que deveria humilhar, na verdade, deve ser motivo de orgulho. Baleia é quase um hibridismo animal: parece peixe mas é o maior mamífero do mundo; mergulha profundezas, suporta horas sem ar, encara correntezas e depois emerge plena à superfície, de alma lavada. São baleias que parecem calmas e inofensivas, mas podem ser letais se ignoradas em sua força. Baleias são lúdicas e potentes, quase seres mágicos. São gigantes e lindas. Outro nome melhor não há.

barrinha-02.png
Baleia Elementos-03.png

quem somos

BEATRIZ CHAVES
foto_beatrizchaves.png

Comunicadora com pós graduação em história da arte. Gestora da recém inaugurada comunidade criativa Infinu e artista visual apaixonada por colagem. Foi gerente do Espaço f/508 de Cultura de 2017 a 2019 e diretora de whatever na Perestroika - uma escola livre de atividades criativas -  de 2014 a 2016. Ministra oficinas de colagem e processo criativo. 

coordenação geral
ELISA FREITAS

Formada em Ciências Sociais, atualmente cursa Artes Visuais, fundou em 2011 a editora Criatura de zines fotográficos, para editar e publicar seus próprios trabalhos. Participou de feiras de publicações independentes, tais como Feira Plana e Tijuana em São Paulo, Pão de Forma no Rio e Dente em Brasília. Ministra cursos de fotozines, edição de imagens e narrativas fotográficas.

diretora artística
BEATRIZ RAMOS

É graduada em cinema e mídias digitais. Voltou seu trabalho para produção cinematográfica como assistente de produção e diretora de produção de projetos locais, e mais recentemente trabalhou também como figurinista, a partir de estudos voltados para à moda e tendências. Atuou também como coordenadora de cursos livres do Espaço f/508 de Cultura de 2018 a 2020.

produção executiva
JÔ GOMES

Jô Gomes é jornalista e pós-graduada em Gestão de Políticas Públicas de Gênero e Raça, Revisão de Texto e em Dança e Consciência Corporal, onde desenvolveu sua pesquisa sobre Matriarcado e Oralidade nas Danças Afro-brasileiras. Foi assessora da Fundação Cultural Palmares e da Secretaria de Cultura do DF. Também atua como dançarina, coreógrafa e professora de Danças Afro.

assessoria de comunicação
RAQUEL CÂMARA
Foto_raquelcamara.jpg

Paraibana há mais de vinte anos morando na capital. Formada em Língua e Literatura Japonesa e Publicidade e Propaganda. Desde 2012 define-se como letrista, muralista e designer gráfico. Trabalhou no escritório de design Avocado, foi sócia proprietária do escritório Salomé e hoje se divide entre o trabalho de freelancer e de designer na empresa Grupo FarmaBrasil.

design
CINARA BARBOSA

Professora Adjunta do Departamento de Artes Visuais da Universidade de Brasília. Doutora em Arte Contemporânea pela UnB, é curadora e pesquisadora. Idealizadora do BSB Plano das Artes, ganhador do Fundo de Apoio à Cultura (FAC), projeto que envolve espaços independentes e ateliês de Brasília. Sua área de interesse é História da Arte no Brasil e arte contemporânea brasileira.

curadoria
FLORA EGÉCIA

Sócia do Estúdio Cajuína, atua em projetos autorais e comerciais nas áreas de design, direção de arte, fotografia e audiovisual. Desde 2010 pesquisa nas áreas de identidade de raça e gênero, ocupação da cidade, produção cultural, questionando de maneira crítica, reflexiva e convidativa à mudança.

webdesign
BIANCA NOVAIS

Sócia do Estúdio Cajuína e Mestranda pela Universidade de Brasília, atua em projetos autorais e comerciais nas áreas de design, direção de arte, fotografia e audiovisual. Desde 2010 pesquisa nas áreas de identidade de raça e gênero, ocupação da cidade, produção cultural, questionando de maneira crítica, reflexiva e convidativa à mudança.

webdesign
BRUNA LOPES

Profissional curiosa, Bruna tem como hobbie aprender de tudo um pouco, desde bordar até ler mapas astrais. É formada em Contabilidade, pós graduada em Gestão de Projetos e a um passo de se tornar Analista de Desenvolvimento de Sistemas. Desde 2018, já atuou como Controller, Gerente Financeiro, Caixa e Assistente de Produção em grandes projetos cinematográficos.

contadora
RAQUEL PELLICANO

Bacharel em Artes Plásticas, é fotógrafa e artista visual. Comercialmente, é especializada em retratos, nu feminino e registros de viagens, com trabalhos publicados nas revistas Vogue Brasil, Trip, VIP, Playboy, etc. É sócia e professora no Espaço f/508 de Cultura. Criou e coordenou o programa de pós graduação em Fotografia como Suporte para a Imaginação do Espaço.

curadoria
LUISA GÜNTHER
foto_Luisa Gunther_curadora3.jpg

Professora do Departamento de Artes Visuais da UnB, pesquisadora no PPG-Arte, na linha de pesquisa -Deslocamentos e Espacialidades-. Desenvolve projetos em desenho/grafismo/ilustração, escritos de artista/livroobjeto, performance/fotodança/dança contemporânea, além de metodologias para o ensino e pesquisa em artes. Editora-Chefe do e-periódico METAgraphias.

curadoria
CAMILA SOATO
foto_Camila Soato_curadora4.jpg

Com uma pesquisa voltada para a apropriação de imagens da internet relacionadas a um cotidiano banal, a artista brasiliense usa a pintura para explorar a conexão entre arte e vida. Possui obras em instituições como Museu de Arte do Rio (MAR) e ganhou o prêmio de Melhor Exposição Prêmio PIPA Voto Popular, Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, em 2013.

curadoria
Baleia Elementos-03.png
Colagem_cauda.png
 

convocatória #4

cartaz4_png.png

E pra amanhã? O que teremos? Esse é o tema da nossa quarta e última seletiva: Futuros Possíveis. Nós estamos diariamente construindo a história, e nos colocando como protagonistas, buscando e encontrando respostas, se adaptando às necessidades do nosso tempo. O tempo e memórias que inventamos e os materiais que temos em mãos é o que tudo que precisamos para construirmos um por vir dinâmico e próspero, ou seja: os Futuros Possíveis.

 

Mostre sua produção atual ou antiga, novas obras, trabalhos em processo, enfim, o importante é continuarmos com essa rede de artistas mulheres e, através dessa publicação, nos conhecermos um pouquinho mais. Mande seu trabalho pra gente!

leia mais sobre o tema do ciclo #4

ciclo #4 .  futuros possíveis

inscrições de 12 a 30/04/2021

curadora Camila Soato

tema Futuros possíveis

quem pode se inscrever mulheres residentes no DF e entorno, cis ou trans, artistas com experiência ou em formação.

resultados anteriores

Cartaz Baleia.png
Cartaz_convocatoria_2_.png
Baleia Elementos-04.png
Prancheta 1 cópia 10png.png

ciclo #4

curadora Camila Soato

vencedora  (em breve)

selecionadas

Akimi Watanabe

Ana Caroline Brito Gonçalves

Ana Clara Rodrigues

Ana Rosa Nabuco da Fonseca

Aysha Luíza Silva

Carlione Barbosa Ramos

Dávilla de Sousa Santos

Ester Trindade da Cruz

Fernanda Evangelista Bandeira de Melo

Gabrielly Rosário

Jamila Maria Barbosa de Lima

 

 

 

 

 

Lara Jennyfer

Lyvia Emanuelly Souza Alves

Maria Clara Vieira

Maria Luiza Ramos Engel

Alla Soüb d'Nadah

Nara Barbosa

Nuára da Frota Visintin

Patrícia Aguiar

Talime Teleska Waldow dos Santos

Veruska Araujo

cartaz4_png.png
 

publicações

Aqui você encontrará as 4 edições do Baleia na íntegra, na medida em que forem sendo publicadas!

ciclo #1 . o tempo circular

Colagem_baleia.png

ciclo #2 . heranças deslembradas

ciclo #3 . diante do espelho

 

votação

– em breve –

Depois da seleção curatorial dos 20 trabalhos publicados em cada ciclo, será aberta aqui uma votação online popular para um prêmio de R$1000.

A próxima votação estará no ar de 28 de junho a 9 de julho de 2021!

Baleia Elementos-03.png